domingo, 17 de julho de 2016

Califórnia - Yosemite Nacional Park - Chegada e trilha de Tuolumne Grove

Desde que começamos a planejar nossa viagem, de 15 dias pela Califórnia, tínhamos uma certeza: o Parque Nacional de Yosemite seria o primeiro local da lista, afinal somos apaixonados por destinos de natureza.

O parque é enorme, aproximadamente 3.000 km², e recebe em média 4 milhões de visitantes por ano, boa parte somente em Yosemite Valley, em busca de suas montanhas rochosas, rios, cachoeiras, trilhas, bosques de sequóias gigantes... Razão pela qual foi reconhecido em 1984 como Patrimônio Mundial pela UNESCO.


Endereço do Visitor Center (Centro de Visitantes): 9035 Village Dr, Yosemite National Park
Preço: $30 por veículo, pagos na entrada do parque e válido por 7 dias.

Seguindo nosso roteiro de 15 dias pela Califórnia, nossos dias em Yosemite:

Dia 4 - São Francisco > Yosemite: mirantes até o hotel e trilha de Tuolumne Grove (sequóias gigantes).
Dia 5 – Yosemite: mirantes entre o hotel até Yosemite Valley, Sentinel Bridge, Yosemite Valley, 3 trilhas (Vernal Fall, Mirror Lake, Lower Yosemite Fall), e Tunnel View.
Dia 6 - Yosemite > Monterey

De San Francisco até Yosemite são 300 km, aproximadamente 4h de carro. A saída de San Francisco é pela ponte Bay Bridge, depois é só seguir o GPS pela I-580, I-205 e I-120.

Muitas pessoas acabam não indo a Yosemite devido a distância e ao desvio na descida pela costa, pelo mapa é possível observar a rota de San Francisco (ponto A) para Yosemite (ponto B) e depois descida para Monterey (ponto C). Normalmente os turistas descem direto de San Francisco para Monterey.
Nós fomos e não nos arrependemos! Embora cansativo, foi sem dúvidas um dos pontos altos da viagem.



O parque tem várias entradas, vindo de San Francisco pegamos a chamada Big Oak Flat Entrance, onde foram cobrados os 30 dólares da entrada por carro e entregues um mapa e um jornal com as notícias do parque.

É aconselhável encher o tanque na estrada pois em Yosemite Valley não tem posto de gasolina, sendo possível encontrar alguns no entorno, como em El Portal, onde ficava o nosso hotel.
Dica! Para encontrar postos de gasolina durante um trajeto no Google Maps é só abrir o menu (símbolo de 3 bolinhas na vertical na parte inferior da tela), procure pela lupa “Pesquisar no trajeto”. Isso vale para restaurantes, farmácias, Walmart, etc...

Fiz também um mapa específico só para Yosemite. A dica é carregar antes o mapa no GPS até o destino final (hotel ou Centro de Visitantes) porque o sinal de celular em Yosemite é precário, na estrada não tem sinal. Eu comprei um chip de internet e celular da Travel Mobile, plano Red Pocket PLUS, que usa a rede da AT&T, operadora que embora não seja a mais barata, tem alguma cobertura em Yosemite, mesmo assim só foi possível obter sinal em Yosemite Village.

Todos os mapas do blog são públicos, basta copiar e fazer os ajustes para seu roteiro, através do My Maps do Google, melhor do que começar do zero, rs. Os mapas com as marcações foram um grande facilitador nesta viagem, ganhamos muito tempo!



STANISLAUS NATIONAL FOREST VISTA: RIM OF THE WORLD

Foi nossa primeira parada antes de chegar em Yosemite, é um mirante com uma vista para Tuolumne Wild e um rio. 
Endereço: California 120, Groveland-Big Oak Flat, CA

Atenção para não errar a marcação no GPS como a gente, Stanislaus National Forest é uma área enorme, se colocar só este nome (sem o Vista) o GPS vai te direcionar para a cidade de Sonora, fora da estrada I-120. Aproveitamos o "desvio forçado" para almoçar em Sonora, pesquisei no Tripadvisor e encontrei um restaurante tradicional e bem bacana chamado Pinocchio’s, todo enfeitado de pinóquios, comida gostosa, preço justo e atendimento pra lá de simpático, mesmo assim preferia não ter errado o caminho, rs.  
A marcação correta para o GPS é Stanislaus National Forest Vista: Rim of the World, como está no mapa acima, na própria I-120.



TRILHA DE Tuolumne Grove (SEQUÓIAS GIGANTES)

Tuolumne Grove é um dos três bosques de sequóias gigantes de Yosemite, junto com Merced Grove e Mariposa Grove. O maior e o mais famoso é Mariposa Grove, porém está fechado para reformas até 2017, mais informações em: www.nps.gov/yose/planyourvisit/mariposagrove.htm

A trilha principal de Tuolumne Grove é de 1,6 km, de terra e com ladeiras, com descida na ida e subida na volta. A caminhada dura de 1,5 a 2,5 horas, é de dificuldade fácil/moderada. 
Levar água porque lá não vende nada. Só há bebedouro e banheiro no estacionamento, que é grátis, como todos os outros estacionamentos que vimos no parque.

Fizemos esta trilha mesmo antes de chegar ao hotel, uma vez que no dia seguinte já havíamos programado duas outras trilhas: Mirror Lake e Vernal Fall, que são de dificuldade moderada. Fazer as três trilhas no mesmo dia ficaria muito cansativo, principalmente com criança.















De lá seguimos para o hotel, mas no caminho tem vários mirantes, vistas e cachoeiras, para admirar e fotografar. É só observar as placas e os carros parados no acostamento.








HOTEL

Ficamos no hotel Yosemite View Lodge por 2 noites.
Endereço: 11156 Highway 140, El Portal , CA 95318. Tel: 209-379-2681

O hotel fica em El Portal, à beira do Rio Merced, a 21 km do Centro de Visitantes, aproximadamente 30 minutos de carro. O lugar é bem bonito, mas não há nada por perto. Não fica no "coração" do parque, porém fica no trajeto de alguns/mirantes que visitamos, então a distância não atrapalhou em nada. 

O quarto era super espaçoso, com cozinha compacta, incluindo fogão, e no corredor tinha máquina de gelo. O hotel tem um restaurante, uma pizzaria e uma loja de conveniência com o básico que você precisar, e com preços razoáveis. Também tem piscina, estacionamento grátis e wi-fi pago (disponível nas áreas públicas ao custo de $9 por 24 horas). O café da manhã é pago a parte.

Chegamos já anoitecendo, fizemos check-in e compramos alguns itens para o jantar e café da manhã na loja ao lado da recepção. Fizemos todas as refeições no quarto.

A idéia inicial era ficar em hotel dentro do parque, no Yosemite Valley Logde, mas não conseguimos vaga, o que acabou sendo bom, pois gostamos muito do hotel em que ficamos!
Para reservas e informações de hospedagem dentro de Yosemite Valley (hóteis, cabanas, motorhome, campings) acesse o site:

Yosemite View Lodge - quartos de frente para o Rio Merced



Yosemite View Lodge



O dia seguinte foi intenso em Yosemite Valley, com muitas caminhadas. Para ler sobre o nosso segundo dia em Yosemite clique em:



LEIA TAMBÉM:

CALIFÓRNIA: Roteiro de 15 dias - San Francisco a San Diego com 2 noites em Yosemite

Dia 1 - San Francisco: Fisherman’s Wharf, Pier 39 e Guirardelli Square

Dia 2 - San Francisco: Alcatraz, Exploratorium, Lombard Street, Union Square

Dia 3 - San Francisco - Golden Gate, Muir Woods, Salsalito e Golden Gate Park

Dia 5 - Yosemite Nacional Park - Yosemite Valley, Vernal Fall, Mirror Lake, Tunnel View

Dia 6 - Monterey, 17-Mile Drive e Carmel

Dia 7 (parte 1) - O Incrível Aquário de Monterey

Dia 7 (parte 2) - Big Sur: a parte mais linda do litoral pela Highway 1

Dia 8 - San Luis Obispo a Santa Bárbara

Dia 9 - Los Angeles - Pier de Santa Mônica, Calçada da Fama e Observatório Griffith


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:

Facebook    /    Instagram    /    Youtube    /    Google+    /    Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...