Search
Close this search box.

Roteiro por Nova York e Washington DC

Índice

Olá pessoal! Compartilhando com vocês o nosso roteiro de 13 dias da viagem por Nova York, Washington DC, e o parque Six Flags Great Adventure, em Nova Jersey, nas férias de julho/2018. Dicas de onde se hospedar, como se locomover, o que comprar com antecedência… Servirá também como um post índice da viagem.

Roteiro de 13 dias Nova York, Washington DC e parque Six Flags

  • Washington DC – 3 noites  (*)
  • Nova Jersey (Six Flags) – 2 noites
  • Nova York – 7 noites

Dia 1 – chegada em Nova York (aeroporto JFK). Voo cancelado para Washington DC, dormimos em Manhattan.

Dia 2 – Nova York > trem para Washington DC: Union Station, tour do Capitólio, Livraria do Congresso, almoço no Carmine’s (Downtown), Casa Branca

Dia 3 – Washington DC: Capitólio (espelho d’água), Museu Aeroespacial, Museu de História Natural, Washington Memorial, Memorial da Segunda Guerra, Lincoln Memorial, por do sol no Rio Potomac

Dia 4 – Washington DC: retirada do carro no aeroporto DCA, Mount Vernon (casa de George Washington) > Tanger Outlet > Nova Jersey

Dia 5 – Nova Jersey: Parque Six Flags Great Adventure

Dia 6 – New Jersey > Nova York: devolução do carro em NY, mercado (compras para café da manhã e jantar), retirada dos ingressos nos teatros da Broadway, Times Square, Hershey´s Chocolate World.

Dia 7 – Nova York: Pier 83, Passeio de Barco Circle Line Landmarks Cruise (passa pertinho da Estátua da Liberdade e pelas pontes do Brooklyn e Manhattan), Intrepid Sea, Air & Space Museum, NFL Experience (fechou).

Dia 8 – Nova York: Retirada os tíquetes do ônibus hop-on hop-off na Gray Line, Museu de História Natural, Zoo do Central Park, National Geographic Encounter Ocean Odyssey (fechou).

Dia 9 – Nova York: Ônibus Gray Line CitySightseeing Uptown Hop-on Hop-off, Museu Metropolitan, Passeio de bicicleta pelo Central Park, Spyscape

Dia 10 – Nova York:  Ônibus Gray Line CitySightseeing Downtown Hop-on Hop-off, Wall Street (Federal Hall, Bolsa de Valores e Touro), One World Observatory, 9/11 Memorial, World Trade Center Transportation Hub (The Oculus por Santiago Calatrava), Eataly, Musical da Broadway O Rei Leão.

Dia 11 – Nova York: Rockefeller Center, Catedral de Saint Patrick, 5a Avenida, Ripley’s Believe it or Not!, Top of the Rock, Musical da Broadway Alladin. Enquanto eu estava no teatro marido e filho foram para o Madame Tussauds e Gulliver’s Gate.

Dia 12 – Nova York: Ônibus Gray Line CitySightseeing Brooklyn Hop-on Hop-off, Ponte do Brooklyn, Dumbo, Brooklyn Heights Promenade, Tour noturno pela cidade de ônibus CitySightseeing.

Dia 13 – Nova York: Chelsea, Chelsea Market, High Line, Grand Central Station, retorno para o RJ

* Perdemos um dia em Washington DC devido ao cancelamento do voo pela Delta. Uma opção para evitar esse risco é ir de trem, ou alugar carro quando chegar em NY. Caso ache cansativo dirigir as 4 horas até Washington DC, uma opção interessante seria inverter o roteiro, dormir em Nova Jersey, antecipando o parque Six Flags, ficaria assim:

Nova Jersey (Six Flags) – 2 noites

Washington DC – 3 noites

Nova York – 7 noites

Estátua da Liberdade, Nova York
Estátua da Liberdade – NY

Dicas sobre o roteiro por Nova York, Washington DC e parque Six Flags

1 – Usamos o passe New York Sightseeing Pass de 5 dias, então no roteiro de NY concentramos o maior número de atrações pagas nesses 5 dias. Se possível não compre ingressos para a Broadway para os dias em que for usar o passe.

Leia o post sobre a nossa experiência com o NY Sightseeing Pass, já antecipo que foi uma ótima economia de tempo e dinheiro.

2 – O passe por dia inclui passeios de ônibus Gray Line CitySightseeing (todas as rotas) pelo período do passe, mas não precisa ser o mesmo período, só conta a partir da troca do passe pelo tíquete do ônibus. Nosso exemplo: 5 dias de passe (do dia 7 ao 11) e 5 dias de ônibus (dia 8 a 12). Isso só foi possível porque no primeiro dia de passe (dia 7) fomos para uma área que não tem ônibus (Pier 83, Intrepid Sea). Então só pegamos os tíquetes do ônibus no dia seguinte, quando acabou o passe ainda tínhamos um dia de ônibus. É uma dica para aproveitar ainda mais o passe.

3 – Dividimos as atrações por localização, levando em consideração os horários de abertura e fechamento e as rotas dos ônibus.

4 – Fique de olho na previsão do tempo, se chover priorize atrações fechadas, e se tiver muito nublado não suba nos observatórios (One World, Top of the Rock…). Verifique também se há feriados no período da viagem.

5 – O Museu Metropolitan tem visita guiada em português às terças, quintas e sextas, às 12h. Nós não conseguimos conciliar, mas deve ser bem interessante. O tour dura 1 hora, não requer agendamento e não tem custo extra, basta ter o ingresso do museu.

6 – Notícia boa: a maioria das atrações em Washington DC é gratuita.

Passeio de Barco Circle Line Landmarks Cruise
Passeio de Barco Circle Line Landmarks Cruise

Como emitimos as passagens

A melhor opção para esse roteiro seria chegar por Washington DC e voltar por Nova York, mas usamos milhas da TAP e só conseguimos ida e volta por NY. O trecho interno JFK-DCA emitimos separado com milhas Livelo, voando Delta Airlines, e infelizmente não deu certo, a Delta atrasou, depois cancelou o voo, desistimos e fomos de trem no dia seguinte.

Emitimos com milhas TAP Victoria, voando AVIANCA:

Ida: GIG (RJ) 16:30, GRU (SP) 23:50, JFK (NY) 9:00

Volta: JFK 23:30, GRU 12:05, GIG 13:15

Aproveitamos a conexão longa em Garulhos/SP para conhecer a sala vip Mastercard Black, que é grátis para quem tem o cartão e seus dependentes.

Gostamos de voar com a Avianca, avião novo, atendimento simpático, necessaire com escova, pasta de dente e tapa olho, entretenimento e alimentação dentro da média. Reservamos os assentos com antecedência, e sem custo.

Se for comprar a passagem em dinheiro:

One World Observatory, Nova York
Vista do One World Observatory – NY

Nesse roteiro por Nova York, Washington DC e parque Six Flags, nos hospedamos em 3 hotéis, todos reservados pelo Booking.com.

Onde se hospedar em Washington DC

Ficamos no The Hamilton Hotel, a localização é ótima, o hotel é “classudo” e tem funcionários simpáticos e prestativos. Não tem café da manhã, mas tem desconto de 25% (apenas nas bebidas) no café da manhã do Starbucks, que fica no térreo do próprio hotel, com acesso interno. Não cobraram para receber meus pacotes (compras pela internet), sugiro perguntar antes por e-mail. Nosso quarto era confortável, com 2 camas de casal.

Outros hotéis em Washington DC: The DarcyWashington PlazaHampton Inn 

Onde se hospedar em New Jersey

Nos hospedamos no Hampton Inn and Suites Robbinsvillefoi um dos hotéis mais próximo do parque Six Flags Great Adventure que encontrei, fica a 13 minutos de carro (18 km). Tem café da manhã e estacionamento gratuitos, e piscina coberta. Nosso quarto era confortável, com 2 camas de casal. Na recepção informaram que recebem pacotes (compras pela internet) sem custo, porém não utilizei. É conveniado ao parque, compramos os ingressos e o estacionamento com desconto na recepção. 

Outros hotéis perto do Six Flags Great Adventure: Homewood SuitesHilton Garden Inn

Onde se hospedar em Nova York

Prepare-se para os preços altos de hotéis em Nova York, principalmente se for alta temporada. Levamos um susto com os valores, mesmo assim não abrimos mão de ficar na Times Square, melhor região para se hospedar na nossa opinião. Fizemos muita coisa a pé, principalmente à noite. 

Radio City Apartments – Nos hospedamos nele por 7 noites, é um apart-hotel com cozinha na 49th st, entre a 7th e 6th ave, ótima localização na Times Square. Não tem café da manhã. O mercado próximo fica na mesma rua, esquina com a 8th ave, subsolo. Ótima escolha para famílias! Tem regras bem rígidas para recebimento de pacotes (compras pela internet), recebem até 2 pacotes pequenos ou médios, no máximo 2 dias antes da chegada, ou recusam a entrega. Confirmem antes por e-mail.

The Hotel at Fifth Avenue (antigo La Quinta Inn & Suites Manhattan) – Reservamos de última hora, para pernoitar em NY (apenas uma noite), devido ao cancelamento do voo da Delta. Escolhemos ele por ser perto da estação Penn Station, de onde sairia o trem para Washington DC. É uma opção mais econômica, tem café da manhã incluído e quarto com 2 camas de casal.

Outros hotéis em Nova York:

Na Times Square: The PearlNovotelThe Hotel at Times SquareFour PointsAKAHampton Inn Times Square

No Central Park: Lombardy Hotel (com cozinha), Park Lane

Em Chelsea: DoubleTree by Hilton

Dumbo - Nova York
Dumbo – Nova York

Como se locomover

Veja as opções para se locomover nesse roteiro por Nova York, Washington DC e parque Six Flags:

Como ir de Nova York para Washington DC

– De trem: Saindo da estação Penn Station em Manhattan e chegando na Union Station.

Duração: a partir de 3 horas. Preço: a partir de 49 dólares por pessoa, só ida, dependendo do horário e da categoria. Compre com antecedência. (* preço de 2018)

Onde comprar: site da Amtrak ou nos guichês da estação Penn Station (7th ave com 32th st).

– De avião: consulte preços e horários no site Skyscanner.

– De ônibus: É mais barato e um pouco mais demorado. Sai da 34th st, entre a 11th e 12th Ave, e chega na Union Station.

Duração: a partir de 4 horas e 15 minutos

Preço: a partir de 10 dólares por pessoa, só ida, dependendo do horário. (* preço de 2018)

Onde comprar: site da Megabus

– De carro: são 360 km de NY para Washington DC, 4 horas de viagem, com pedágios.

Como se locomover em Nova York

Do aeroporto JFK para o hotel (Times Square) usamos táxi, que tem preço fixo para Manhattan, deu 58,56 dólares + gorjeta. Na volta para o aeroporto usamos o app Lyft (61,65 dólares), que às vezes sai mais barato que UBER. Não aconselho usar o trem + metrô se tiver com malas e criança, as estações são antigas, e com muitas escadas. (* preços de 2018)

Em Manhattan usamos o ônibus hop-on hop-off incluso no passe, metrô, Lyft, Uber e andamos muito a pé.

Para o outlet: Para ir ao outlet Jersey Garden, em Nova Jersey, tem ônibus no terminal rodoviário, o Port Authority Bus Terminal, entre a 40th e 42th. Custa 14 dólares ida e volta, sem marcação de horário para a volta, basta entrar na fila.

Para o Walmart: Não tem Walmart em Manhattan, o mais parecido que achamos foi o K-Mart, mas não é a mesma coisa. Para ir ao Walmart de ônibus, também tem ônibus no Port Authority (rodoviária), entre a 40th e 42th. Custa 8,50 dólares ida e volta. (* preços de 2018)

Como se locomover em Washington DC

É bem complicado estacionar por lá, os estacionamentos dos hotéis são caros, então descartamos usar carro. Usamos somente táxi (vermelhinhos), porque as distâncias era curtas, as outras opções são metrô e UBER. 

Rockefeller Center, Nova York
Rockefeller Center – Nova York

Aluguel de carro

Reservamos pelo site comparador de preços Rentcars.com, escolhemos a locadora Dollar por ser uma das poucas com opção de devolver o carro em Manhattan, e não no aeroporto JFK/NY, que é longe. A dica é reservar com antecedência, principalmente se for alta temporada. 

Retiramos o carro no aeroporto DCA, em Washington DC (dia 4), e devolvemos assim que chegamos em Manhatan (dia 6), há várias lojas em Manhattan, verifique pelo Google Maps a mais próxima do seu hotel. A mais próxima da Times Square fica na 126 West 55th St, nós devolvemos em uma loja na 99 Charles Street, Greenwich Village, que foi onde tinha disponibilidade. 

Usamos o GPS do celular (app Google Maps), não esquecer de levar cabo ou carregador de celular para carro. Caso não tenha chip de internet, é possível baixar o mapa off-line pelo app Here.

Pedágios

A locadora oferece o E-ZPass, o equivalente ao nosso Sem Parar. Achei caro num primeiro momento, 15,99 dólares/por dia, mas os pedágios são realmente caros de Washington DC a NY (45,85 dólares no total). Além disso, nem sempre há guichês para pagamento em dinheiro. 

Infelizmente o nosso aparelho E-ZPass não funcionou, pagamos os pedágios em dinheiro (quando tinha guichê), e apresentamos os comprovantes na devolução do carro. A Dollar assumiu o erro e fez os ajustes no pagamento, informando que não pagaríamos mais nada. Porém, já no Brasil, recebemos cobrança via postal, abrimos contestação pelo site mas foi recusada, só conseguimos resolver através da Rentcars.com. Além de bons preços, pagar em reais, sem IOF, é sempre bom ter uma empresa no Brasil para ajudar em caso de problemas. 

A taxa de retorno por entregar em outra cidade custou 50 dólares, sendo cobrada na retirada do carro, os outros opcionais são: o E-ZPass (15,99 por dia), e o tanque de combustível (nos cobraram 45,17 no full size).

Clima e Quando Visitar NY

Já estive em Nova York no inverno, com frio abaixo de zero, e até neve, em dezembro/janeiro. Agora em julho a experiência foi outra, sol, calor, momentos de chuva. São experiências diferentes, Nova York é bom sempre, no fim do ano você ganha a cidade toda enfeitada para o Natal, a tradicional pista de patinação do Rockefeller Center… no verão é cheio, todo mundo na rua, bom para os passeios de barco, andar de bicicleta pelo Central Park. Se quiser temperaturas mais amenas, vá na primavera (maio) ou no outono (outubro).

Algumas pessoas falaram que o calor seria desagradável em julho, mas carioca já tá acostumado com calor, levamos boné, protetor solar, e nem usamos todos os dias.

Consulte a previsão do tempo antes de fazer as malas.

Museu de História Natural, Nova York
Museu de História Natural – NY

Quais atrações comprar antes

1 – New York Sightseeing Pass: passe de atrações de cidade que inclui o ônibus de 2 andares. Primeiro monte o roteiro, assim poderá avaliar quantos dias ou atrações valerá a pena comprar, e se der sorte ainda aproveita alguma promoção no site. Nós usamos o passe de 5 dias e foi ótimo!

2 – Musicais da Broadway: comprei antecipado O Rei Leão e Alladin porque são espetáculos muito procurados, e julho é alta temporada, não quis arriscar ficar sem, ou sentar em lugar ruim.

Tentei comprar pelo site oficial Broadway.org, mas deu erro, e há cobrança de taxa de conveniência. Comprei pelo site Get Your Guide, troquei o voucher pelo ingresso na bilheteria. Já fica reservado com seu nome/data/horário do espetáculo.

Outros espetáculos não tão procurados você pode comprar com desconto na TKTS na Times Square ou direto na bilheteria do teatro.
E lembrando: não compre ingressos da Broadway para os dias em que for usar o passe, separe os dias de passe para aproveitar ao máximo as atrações de NY, que são muitas!

3 – A visita ao Capitólio (U.S. Capitol) em Washington DC pode ser agendada pelo site, sem custo, no link: Agendamento U.S Capitol. Nós agendamos, perdemos o horário por causa da confusão do voo, mas chegando lá foi tranquilo, apenas aguardamos o próximo horário, mesmo sendo alta temporada (férias de julho).

Six Flags Great Adventure – Nova Jersey

Seguro de Saúde e Viagem

Indico o comparador de preços Real Seguros, que tem bons preços e bom atendimentoPara Europa o seguro é obrigatório para os países que fazem parte do Tratado de Schengen (com cobertura mínimo 30 mil euros), para os Estados Unidos é aconselhável devido ao alto custo de saúde, e para o Brasil somente é necessário se o seu plano de saúde não tem cobertura nacional.

Quem tem cartões de crédito Mastercard (Platinum ou Black), Visa (Platinum e Infinite), ou Elo (Nanquim, Grafite, Diners) tem direito ao seguro do cartão que pagou as passagens aéreas, ou pelo menos, as taxas de embarque. É obrigatório emitir o Bilhete de Seguro antes da viagem (emissão anual):

Se for emitir as passagens aéreas com milhas, prefira pagar as taxas de embarque com cartões Visa ou Elo, porque a Mastercard pode exigir comprovação de que parte das milhas foi oriunda do cartão de crédito. Se você compra milhas, ou faz muitas compras bonificadas, isso pode ser um problema.

Mount Vernon, Casa de George Washington
Mount Vernon (Casa de George Washington) – a 30 minutos de Washington DC

Chip de Internet 

Testamos o roaming internacional do plano pós pago da Vivo (atualmente chama pacote Vivo Travel Américas). Já estava incluso no nosso plano, gratuitamente. A qualidade da internet foi boa, dava até para compartilhar. É bom ligar antes para a operadora para habilitar o serviço e tirar todas as dúvidas.

Verifique na sua operadora de celular se o seu plano inclui o pacote de roaming internacional. A Vivo (pacote Vivo Travel Américas) e a Claro (pacote Claro Américas) possuem pacotes inclusos nos planos pós pago.

Washington Memorial, National World War II Memorial
Washington Memorial (obelisco) e Memorial da Segunda Guerra

Compras online antes da viagem

Antecipe o que puder pela internet, é mais barato e não tem risco de não encontrar nas lojas físicas. Nova York é mais cara que Orlando, e não tem Walmart em Manhattan, só em Nova Jersey.

Para quem vai com crianças, fantasias e brinquedos podem ser comprados nos sites: Amazon e Walmart. A Disney Store também já testamos, não esqueçam de pesquisar os produtos em promoção, no menu SALE. 

  • Se for utilizar frete grátis, a compra tem que ser realizada de 8 a 10 dias antes da viagem, para que tudo chegue antes ou durante sua estadia. 
  • Verifique se o hotel recebe pacotes e se cobra por isso, normalmente envio um e-mail. Os hotéis de San Francisco e Anaheim cobravam $5 por pacote, por dia, para compras que chegassem mais de 3 dias antes do check-in. Alguns restringem o tamanho. 
  • Ao fazer a compra, inclua no último nome o número da reserva do hotel, ou data de chegada, sem dar espaço, exemplo: João Silva01052016, porque tem lojas que só colocam no pacote o primeiro e último nome. 
  • Instale os app de celular das lojas que comprou, ou leve os códigos de rastreamento impressos. Se tiver qualquer problema a recepção do hotel vai pedir o código do rastreamento para localizar.

Dicas gerais

– Se for viajar com crianças e o passaporte for do modelo antigo, não esqueça de levar a
identidade ou certidão de nascimento para comprovar a filiação. No novo modelo de passaporte já consta a filiação. E por segurança, tire fotos do passaporte e mande para seu e-mail.

– Não esquecer de desbloquear os cartões de crédito para uso no exterior.

Casa Branca, Washington DC
Capitólio – Washington DC

Nossa Avaliação

Foi uma ótima ideia fazer um roteiro por Nova York, Washington DC e parque Six Flags.

Washington DC foi a grande surpresa da viagem, cidade linda, organizada, chique! Pra completar, muitas atrações são gratuitas. Pena que o tempo foi curto.

O Six Flags Great Adventure é irado! Se você ama montanhas-russas não deixe de incluir no seu roteiro, nem que seja num bate-volta de NY. 

Nova York eu e marido já conhecíamos, eu fui há 20 anos quando ainda existiam as torres gêmeas! Foi muito bom voltar agora em família, fazendo um roteiro do zero para nosso filho conhecer. Ok é uma cidade cara (bem mais que Orlando), com um trânsito infernal, muitos turistas na Times Square, mas tem tanto coisa legal para fazer, os museus, os teatros, os passeios, aquele mix de culturas, aquela cidade que pulsa! Tudo vai te envolvendo aos poucos e quando você vê, já tá apaixonada por NY.

Leia também:

Passe em Nova York vale a pena? Nossa experiência com o NY Sightseeing Pass

Até o próximo post!

Gostou? Compartilhe!

Gostou? Comente!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta.

18 respostas

  1. Mega completo o post do seu roteiro, parabéns! Eu sou doida pra ir no Six Flags hehehehe Washington me surpreendeu, parece bem mais bonita e interessante do que eu imaginava… 😀

    1. Se você gosta de montanhas-russas e brinquedos radicais vai gostar muito, tem vários Six Flags nos EUA, mas esse é enorme, vale a pena!

  2. Que delícia! Viajei com este post… estivemos em WDC neste ano e eu amei demais aquele lugar e sim, também adorei o fato de a maioria das atrações serem gratuitas. E esta semana ainda comentei com o marido que estou com saudade de NYC. Então, claro que amei este post super completo. Ah, e adorei a dica do New York Sightseeing Pass.

  3. Eu achei que fosse detestar NYC, mas fui completamente seduzida. Fiquei 15 dias na cidade e quando fui embora queria mais, muito mais!!! rsrsrs DC ainda não fui, mas minha irmã esteve lá este ano e comentou o mesmo que você, que foi uma ótima surpresa. Quem sabe um dia eu não a visite também?!

    1. Que maravilha hein Analuiza, 15 dias em NY dá para conhecer tudo com calma e passear bastante! Não falta coisa pra fazer! Você vai gostar de Washington DC, vá quando puder! Bjs

  4. Adoro Nova York, que destino incrível! Washington está na lista, me parece muito interessante e bonita. Adorei as dicas dos hotéis, sempre bom contar com a experiência de hospedagens de outros viajantes. Obrigada por compartilhar.

  5. Completão o seu roteiro! Gosto muito de Washington DC: muitos museus gratuitos e interessantes. Ainda não conheço o Six Flags, mas morro de vontade! Dicas anotadas 😉

  6. Ainda não estive nos EUA, mas só estou na expectativa do dólar ajudar um pouquinho para podermos conhecer o país também! Adorei a sua sugestão de roteiro, vou deixar favoritado aqui para a nossa viagem!

    Um abraço

  7. Interessante ir para Nova York e outros lugares mais pertos…dá para aproveitar bastante. É um dos meus arrependimentos quando fui para a cidade. Esse roteiro está bem completo!

  8. Gente, que post sensacional, super completo!

    Ainda não fomos aos EUA, então já sei onde buscar minhas informações qdo formos. Deixa esse dólar baixar! heheehe…
    Obrigada por compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *